• Nós Educação

É possível economizar nessa crise?

Por Paloma de Lavor


No último post falamos sobre a pandemia do Covid-19. Como o assunto ainda está em voga, que tal umas dicas de como não se endividar e até economizar nessa crise?


A primeira informação importante é de que essa crise é temporária, portanto, desespero não é necessário e com certeza atrapalha.


Quando ficamos confinados acabamos gastando mais, certo? Aquela vontade de comer um doce que você não come, normalmente vem nesse momento. Então vamos à primeira dica!


Tenham uma meta de gastos categorizados, isto é, separe quanto no máximo irá gastar com alimentação por semana. Caso esteja sobrevivendo de delivery, essa meta será fundamental para que você não perca o controle.


Em segundo lugar, caso você esteja pagando um empréstimo em um banco, verifique quais ofertas ele tem para você. Muitas instituições estão adiando o pagamento! Use esse isolamento social para reorganizar suas finanças.


Ainda na linha da reorganização, que tal separar roupas que você não usa e colocar para doação? Ou até no brechó? Existem bens que temos e que não precisamos mais. É hora de um consumo sustentável.


Em último lugar, dê preferência ao pequeno e micro empresário local. Por quê? Eles são responsáveis por diversos empregos e famílias. Sua “ajuda” poderá fazer a diferença entre a falência e a continuidade do negócio.


Como não sabemos por quanto tempo essa pandemia vai durar, precisamos manter a calma e não nos desestabilizarmos nem socialmente, muito menos financeiramente.

Ficou com alguma dúvida, manda pra Nós, que eu vou te ajudar!

Paloma de Lavor Lopes é economista pelo IBMEC-RJ, mestre em Economia pela UERJ e professora universitária.

Volta Redonda, RJ, Brasil

©2019 por Nós Educação.